Dados Pessoais

Nome completo Davi de Oliveira Rodrigues
Sexo Masculino
Data de nascimento 16/05/1985 (34 anos)
Ocupação Policial Penal
Grau de instrução Superior Incompleto
Estado civil Solteiro
Cor/Raça Parda
Município de nascimento Rio de Janeiro – RJ
Cargo político Suplente a Deputado Estadual – RJ
Partido político Patriota

História

Meu nome é Davi de Oliveira Rodrigues 34 anos, mais conhecido como Davi PQD. Nasci no dia 16/05/1985 no bairro de Campo Grande/Rj, mais precisamente hospital Joari.

Sou um carioca da gema que tenta, de forma incessante, manter o meu espírito pró-ativo.

Como muitos brasileiros, me preocupo em ajudar os mais necessitados, meus irmãos que estejam passando por dificuldades mesmo sem conhecer.

Iniciei a vida escolar no Jardim José de morais no Conjunto dos Correios em Campo Grande/RJ.

Cursei o antigo primário na Escola Municipal Fernando Costa em Vila Ieda Campo Grande/RJ.

Posteriormente, conclui o ensino fundamental no CIEP 433 Togo Renan Soares Canela em Santa Margarida Campo Grande/RJ.

Por fim, conclui o ensino médio no colégio Sete de Setembro no ano de 2003, deixando por lá muitas amizades feitas durante esses anos no ensino público.

No ano de 2004, imbuído de um dever patriótico ingressei nas fileiras do exército brasileiro. Por querer sempre mais, tinha certeza de onde gostaria de servir: Brigada de Infantaria Paraquedista.

Então eu Davi de Oliveira Rodrigues entrei na Brigada de Infantaria Paraquedista no dia 1° De março do ano de 2004 onde fui designado para servir na Gloriosa 1° Companhia de Engenharia e Combate Paraquedista.

Após longo tempo fora de casa, e enfrentar as maiores dificuldades que a vida me apresentara até então, me formei e tornei-me o Paraquedista de N° 69791, tornando-me assim conhecido como Davi PQD.

Após cumprir o serviço militar obrigatório, senti que poderia fazer algo a mais para a população carioca. Realizei a prova para o curso de formação de soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro no ano de 2010, onde fui aprovado.

Novamente em um período de formação, encarei diariamente a morte que todos os dias rondava não só a mim, mas também todos os meus companheiros de corporação.

Realizei o curso de pilotagem de blindados e fui, durante dois anos, motorista de veículos blindados (caveirão) no Batalhão de Choque, bem como servi no 15° Batalhão de Polícia Militar em Duque de Caxias.

Após servir por 4 anos na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, fui convocado após ingressar com uma ação judicial pleiteando meu ingresso na Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), uma vez que eu havia sido aprovado no concurso público com apenas 18 anos de idade.

Entretanto, somente depois de 13 anos de luta na justiça logrei êxito por meio uma ação popular e uma ação civil pública.

No ano de 2017 fui admitido nos quadros da SEAP como policial penal. Sempre prezando por manter o meu profissionalismo, honestidade e caráter, em 2019 fui promovido ao cargo de subdiretor da Unidade Prisional Vinhosa Muniz em Itaperuna.
Hoje trabalho no complexo penitenciário de Bangu no grupamento de portaria unificada G.P.U.