O Presidente Donald Trump dos Estados Unidos continua imbatível com sua energia para continuar batalhando para provar as fraudes eleitorais ocorridas durante as eleições presidenciais deste ano no país.

Em recente tweet, ele afirmou, em tradução livre:

– “URNAS DA DOMINION EXCLUÍRAM 2,7 MILHÕES DE VOTOS DE TRUMP EM TODO O PAÍS. ANÁLISE DE DADOS ENCONTRA 221.000 VOTOS DE PENSILVÂNIA MUDADOS DO PRESIDENTE TRUMP PARA BIDEN. 941.000 VOTOS TRUMP EXCLUÍDOS. OS ESTADOS QUE USAM SISTEMAS DE VOTAÇÃO DE DOMÍNIO MUDARAM 435.000 VOTOS DE TRUMP PARA BIDEN.” @ChanelRion @OANN


Ele utilizou como fonte os dois handlers citados no tweet acima.

Recentemente a fonte originária desta nossa publicação fez também uma reportagem que vai bastante de acordo com o que o próprio Presidente afirmou, onde uma análise da noite das eleições mostrou que todos os estados americanos que utilizavam as urnas eletrônicas da Dominion mudaram milhões de votos do Presidente Trump para o candidato Democrata Joe Biden ou até mesmo, foram apagados.

A fonte originária dessa afirmação está citada também logo abaixo,

Neste caso, decidimos por realizar a tradução na íntegra da reportagem originalmente postada, dado o interesse público do caso:


Análise dos dados da noite da eleição de todos os estados mostra MILHÕES DE VOTOS trocados do presidente Trump por Biden ou foram apagados – usando Urnas da Dominion e outros sistemas

Reportamos vários eventos nas eleições de 2020 que estão sendo referidos como “falhas” do sistema na mídia.

Ontem à noite, fornecemos outra “falha”, desta vez em Wisconsin, que, se revertida, eliminaria a votação relatada de Biden no estado.
Esta noite, obtivemos uma análise não auditada dos dados disponíveis para todos os estados em busca de falhas no sistema e outras estranhezas na contagem de votos relacionados apenas à corrida presidencial.

Ontem à noite, relatamos outra chamada “falha” do sistema, desta vez em um condado em Wisconsin. Provas foram fornecidas a nós que mostraram que o total de votos para Rock County parecia ser alternado entre o presidente Trump e Joe Biden. 9.516 votos foram eliminados do presidente Trump e transferidos para Joe Biden. Esta diferença de 19.032 votos quando corrigida eliminaria a liderança de Biden em Wisconsin.

Na postagem de ontem à noite, também identificamos problemas relatados em Michigan, Pensilvânia e Geórgia, onde ocorreram “falhas” semelhantes.

Em seguida, tentamos obter mais dados sobre esse problema para que pudéssemos determinar a extensão do problema e / ou se há explicações razoáveis para o que está ocorrendo.

Então, esta noite, fomos levados a um site na Internet, o conhecido thedonald.win, onde alguém que viu nossas postagens decidiu fazer uma análise por conta própria.

No artigo, o autor afirma que seu trabalho é uma lista completa de votos trocados de Trump para Biden ou votos apagados pelo Dominion (as máquinas de voto eletrônico usadas em muitos estados dos EUA).